- Publicidade - spot_img
quarta-feira, junho 29, 2022
NotíciasJustificando o voto no exterior 

Justificando o voto no exterior 

-

- Advertisment -spot_img

Não vai votar, por escolha ou porque está longe do seu cartório eleitoral? Saiba o que é preciso ser feito:

  • Para quem tem cartório eleitoral ainda no Brasil:

Os eleitores devem enviar pelo correio para o respectivo cartório eleitoral: o Requerimento de Justificativa Eleitoral preenchido, um comprovante que justifique a ausência (passagem aérea, carimbo do passaporte da entrada no exterior ou saída do país, por exemplo)  e a cópia de um documento brasileiro.

Quem tem seu domicílio eleitoral no Distrito Federal, Roraima, Paraná, Ceará e Rio Grande do Sul podem justificar sua ausência pelo Sistema Justifica. Infelizmente o sistema ainda não é disponível para todos os estados brasileiros.

  • Para quem tem cartório eleitoral no exterior:

Se por algum motivo não conseguiu comparecer no local de votação, há um prazo de 60 dias para justificar a ausência, indo no próprio cartório eleitoral (Consulado, por exemplo0 ou enviar por correio a justificativa.

 

O que acontece com quem não vota e também não justifica a ausência?

 

Quem não votar e não justiçar fica em débito com a Justiça eleitoral e vem multado (o valor de cada multa, por cada turno da eleição é de no máximo R$3,50). Acumulando 3 não justificativas, consequentemente 3 multas não saldadas, o título de eleitor pode ser cancelado.

Tendo o título cancelado o cidadão brasileiro será impedido de participar de concursos públicos, se inscrever em qualquer instituição de ensino público, renovar RG ou passaporte, abrir conta em banco ou conseguir empréstimo, entre outras coisas.

Por isso é recomendado ficar em dia com a Justiça Eleitoral.

Uma dica é sempre justificar ou pedir a um parente fazer o acerto das multas no respectivo cartório eleitoral antes que se acumulem.

Verifique a situação do seu título de eleitor no site do TSE, clicando aqui. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Cultura

Dante Causa? Antenado? Quais as diferenças?

Qual é a diferença entre “Dante Causa” e “Antenato”? Você já ouviu esse tipo de nomenclatura em algum lugar? Existe uma...

Reconhecendo a cidadania italiana pós-pandemia

Com a aprovação da vacina contra a Covid-19 e o início da imunização em quase todos os países, ainda que...

União estável vale na Itália?

Quando a Lei italiana nº 76/2016, a “Legge Cirinnà”, entrou em vigor (esta que determina a união civil entre...

Thiago e Rafael Migliorini Tenório

Conosco as coisas aconteceram de um modo interessante, sinérgico e até fantástico. Nós decidimos na mesma semana que embarcaríamos...
- Advertisement -spot_imgspot_img

Danilo

"Quando decidi iniciar meu processo de cidadania Italiana, achei que tudo seria bem fácil, porque minha prima que morava...

Gabriele Menin

Sou modelo e reconhecer a minha cidadania italiana além de um sonho era importante para o meu trabalho, por...

Mais lidos

Logo mais teremos novidades!

O blog tem estado muito parado!A vida é corrida...

Vou reconhecer a minha cidadania italiana e sou divorciado. O que preciso neste caso?

"Estou prestes a fazer o meu processo de reconhecimento...
- Publicidade -spot_imgspot_img

Você irá gostar tambémEspecial
Recomendados para você